Marketing digital para pequenas empresas e suas alternativas

Em um ambiente cada vez mais conectado, o marketing digital para pequenas empresas se tornou uma obrigação, uma questão de vida ou morte de um negócio.

Posso dizer, sem medo de cometer um exagero, que se a sua empresa não está na Internet de alguma forma, ela está praticamente fora dos negócios.

Não é por outro motivo que muitos empresários que estão fora do ambiente online, ou possuem uma presença ainda muito restrita, definirão a sua inclusão online como uma prioridade para este ano.

O problema é que a questão do marketing digital para pequenos empreendedores ainda é muito nebulosa para a maioria do empresariado. Por onde começar, quais os custos envolvidos e os profissionais necessários são dúvidas muito comuns.

1 – Tudo começa pelo site da empresa

O elemento básico das estratégias de marketing digital para pequenas empresas é o site, que é o ponto de referência na web e também o ponto de conversão de todas as suas ações online.

Não estou falando de um site qualquer, daquele feito pelo seu “sobrinho que mexe com Internet”. Estou falando de um site profissional, com recursos adequados para o marketing digital e principalmente responsivo, ou seja, adaptado para perfeita exibição em dispositivos móveis.

Além disso, para a divulgação de seus produtos ou serviços é essencial que você tenha um site bem estruturado e tecnicamente preparado para interagir com as ferramentas de marketing digital disponíveis hoje em dia no mercado, como Facebook e Google.

A empresa pode contratar alguém para desenvolver este site ou então, no caso do orçamento estar apertado mesmo, construí-lo com ferramentas simples como WordPress ou Wix.

Marketing digital para PMEs

2 – Definição do público que você deseja impactar

Qualquer planejamento estratégico de marketing digital passa necessariamente pela definição do público-alvo que você deseja atingir com suas ações online. Saber quem são seus potenciais clientes e como eles se comportam no ambiente online é fundamental para nortear as suas ações.

Com as ferramentas online adequadas e o seu conhecimento sobre a clientela, é possível traçar o perfil exato do público ideal para o direcionamento de suas campanhas. Conquistar novos clientes e fidelizar os já existentes, fica bem mais fácil quando você sabe onde eles estão.

3 – Definição dos canais onde irá atuar

O terceiro passo para a formulação de um plano de marketing digital para pequenas empresas é a definição dos canais em que sua empresa irá atuar. Não é porque a Internet possui um sem número de canais para a divulgação de um negócio, que você precisa estar em todos eles.

Por exemplo, se o seu produto ou serviço atende a uma necessidade, um dos lugares certos para estar é nas páginas de respostas do Google, para ser encontrado por que realiza buscas nessa ferramenta.

Se o seu negócio atende a um desejo ou paixão, como os segmentos de moda, gastronomia e turismo, por exemplo, as redes sociais como Facebook e Instagram são o melhor lugar para estar.

Saber escolher estes canais é fundamental, pois não adianta de nada investir em um canal que não lhe trará retorno.

Digamos, por exemplo, que você tenha uma pequena empresa que atue na área de petróleo e gás. Não faz o menor sentido você ficar fazendo postagens no Instagram ao invés de ter uma presença forte no LinkedIn, não concorda?

4 – As opções para a divulgação de uma pequena empresa na Internet

As opções de marketing digital para pequenas empresas são muitas, e como disse anteriormente, vai depender do setor em que ela atua e de seus objetivos em termos de comunicação online.

Basicamente você irá contar com opções em cinco dimensões diferentes.

  • Marketing de busca com técnicas de SEO
  • Marketing de busca através de links patrocinados
  • Marketing nas redes sociais
  • Marketing de conteúdo
  • E-mail marketing

A primeira delas é o que chamamos de marketing de busca, ou seja, técnicas para deixar o site da sua empresa em destaque nas páginas de negócios dos grandes buscadores, como o Google, por exemplo.

Neste caso você terá que trabalhar duas áreas distintas.  A primeira é a que envolve o SEO, que são técnicas para colocar sua empresa em destaque na área gratuita das páginas de respostas, a de SEO Local, que envolve a mesma área, só que especificamente na parte de buscas locais, como o nome já diz.

A segunda dimensão do marketing de busca envolve os Links Patrocinados. Uma das formas de divulgar um negócio no Google é através de anúncios nas páginas de respostas de buscas e também em sites parceiros do buscador, que chamamos de Rede de Display.

Outra dimensão a ser adotada, é a das redes sociais. Falar em marketing digital para pequenas empresas e não incluir as redes sociais nesta solução é ficar fora da realidade, pois elas são atualmente um dos melhores canais para a divulgação de um negócio na Internet.

O Inbound Marketing, uma estratégia que envolve o marketing de conteúdo é outra das dimensões a serem avaliadas. A produção de conteúdo para ser divulgado através de um blog associado ao site institucional da empresa, é uma ótima forma de divulgação.

Por fim, o e-mail marketing obviamente não poderia ficar de fora desta lista, já que é uma poderosa ferramenta de informação para seus clientes e um canal de fidelização que quando bem explorado oferece um ótimo retorno.

É uma questão de avaliar as diversas opções e escolher a melhor estratégia de marketing digital para o seu negócio.

Marketing digital para pequenas e médias empresas

5 – Operacionalização do marketing digital para PMEs

Do ponto de vista da execução das suas ações de marketing online, você terá duas opções, a de fazer você mesmo ou então a contratação de agências de marketing digital para fazer este serviço por você.

O problema aqui está no custo. Se você optar pela terceirização do serviço, terá um custo, pelo menos 20% a 25% maior, já que essa é geralmente a taxa cobrada pelas agências, mas a questão maior não me parece essa.

O grande problema é que ninguém conhece melhor o seu negócio do que você mesmo, e por isso sempre digo que a melhor agência de marketing digital está na sua própria empresa.

As ações de marketing e vendas para micro e pequenas empresas na Internet é não só viável, como pode alavancar substancialmente os seus negócios.

Como você pode ver, o marketing digital para pequenas empresas, não é nenhum bicho de sete cabeças, mas certamente exige método e técnica. Mantenha-se atualizado sobre marketing digital assinando a nossa Newsletter.

Por Alberto Valle, diretor e instrutor da Academia do Marketing

5.0
08

4 Comentários

  1. Uma ótima matéria sobre marketing digital para pequenas empresas. A gente tem muita dificuldade, por sermos leigos, em saber como divulgar uma empresa de forma correta na Internet. Valeu pelas dicas.

    • Olá Carlos

      Ficamos bastante satisfeitos em saber que a nossa matéria sobre marketing digital para pequenas empresas foi de seu agrado.

  2. Acho que o grande problema do marketing digital para as pequenas e médias empresas está na dificuldade que elas têm de encontrar bons profissionais para criar uma estratégia de marketing online que realmente traga resultados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here