Conteúdo para redes sociais – O grande desafio

O desenvolvimento de conteúdo para redes sociais é sem sombra de dúvida um dos maiores desafios para as empresas e pessoas que desejam usar as mídias sociais para divulgarem seus produtos e serviços.

Criar uma página no Facebook, um perfil no Instagram ou uma Company Page no LinkedIn, é relativamente simples, mas alimentar estes canais com conteúdo que gere resultados reais em termos de marketing nas redes sociais é outra coisa completamente diferente.

Segundo o site Social Media Today, 59% dos seguidores ou fãs de grandes marcas, buscam por informações nas redes sociais. Isso comprova que criar conteúdos de qualidade é fundamental para o marketing nestes canais.

Em nossos cursos sobre redes sociais, sempre fazemos questão de deixar claro que o marketing nas redes sociais tem como seu principal pilar, oferecer conteúdo que agregue valor ao dia a dia das pessoas, para só depois apresentar produtos ou serviços.

Um dos maiores erros de marketing nas redes sociais é justamente adotar um posicionamento panfletário, ou seja, criar um perfil ou uma página, para simplesmente ficar dizendo que os seus produtos ou serviços são os melhores do mundo e não agregar valor ao dia a dia das pessoas. É o que chamo da estratégia do “fala sozinho”.

A importância do conteúdo para redes sociais

Qualquer estratégia de marketing nas redes sociais parte do princípio de que é necessário criar laços de relacionamentos nestes canais, para criar as oportunidades para que a empresa apresente seus produtos e serviços.

Neste contexto, o marketing de conteúdo é peça fundamental, pois é ele quem irá nutrir estes canais com informações que irão criar estes laços de relacionamento aos quais me referi.

Por isso que logo no início deste artigo produzir conteúdo de qualidade para as redes sociais é o maior desafio para qualquer empresa que deseje criar uma boa estratégia de marketing nesta área.

Criando uma estratégia de conteúdo para as redes sociais

Como tudo em marketing digital, o primeiro passo para se ter sucesso em termos de conteúdo para mídias sociais é se planejar, determinando alguns pontos que consideramos básicos, como:

  • Qual o público alvo que você pretende atingir e qual sua Persona de Marketing
  • Qual será a linguagem adorada pela a marca nas redes sociais
  • Que tipo de conteúdo você irá produzir
  • Quais serão as suas fontes de conteúdo
  • Qual será a frequência de suas publicações
  • Que ferramentas você usará para gerenciar estas publicações

Vejamos então quais são os principais pontos a serem observados sobre estes itens para que você possa fazer um bom planejamento de conteúdo para as redes sociais.

Conteúdo para redes sociais

1 – Entendendo o seu público

O primeiro ponto é determinar qual o público-alvo que você deseja atingir, e qual a Persona de Marketing com a qual você estará lidando. Isso fará com que você possa ter um foco bem definido sobre o conteúdo que precisará produzir.

A produção de conteúdo para redes sociais precisa estar afinada com os desejos, anseios e temores do seu público, para que ele possa exercer uma das funções básicas do marketing nas mídias sociais que é a de agregar valor ao dia a dia das pessoas.

2 – Alinhando a linguagem das suas publicações

Definido o público, é hora de definir a linguagem a ser usada em suas publicações, para poder criar um ponto de contato mais direto com a sua audiência, falando a linguagem dela e assim desenvolver um relacionamento mais próximo.

Um dos pecados na produção de conteúdo para redes sociais é o seu discurso não estar na mesma linha de compreensão do público que você deseja atingir. Isso as vezes se deve a um hábito técnico profissional, mas precisa ser corrigido.

3 – Que tipo de conteúdo produzir

Fazer marketing nas redes sociais é servir ao seu público o conteúdo que ele realmente tem interesse, ou seja, como dito anteriormente, agregar valor ao dia a dia das pessoas, resolver problemas e apontar soluções. Por isso é preciso saber que tipo de conteúdo você irá produzir.

Conteúdo texto para o seu blog? Vídeos, Lives, infográficos, imagens? Quais vão ser os seus formatos de conteúdo para as redes sociais?

4 – Coletando informações em diversas fontes

Resolvida esta questão é hora de criar uma estrutura para fazer a coleta de conteúdo e sugestões de pauta para as suas publicações.

Para isso, você precisará desenvolver todo um sistema de coleta automatizada de material para começar a definir o que precisa ser produzido.

É desesperador ficar correndo atrás de conteúdo e trends, e além disso, ter que formatar toda esta informação para cada rede social. Por isso, se você lançar mão de uma forma de fazer esta coleta de modo automático, isso vai lhe poupar muito tempo.

5 – Formatação do conteúdo

Outro aspecto importante no desenvolvimento de conteúdo para redes sociais diz respeito a formatação das publicações.

Cada canal de mídias sociais possui uma formatação própria, uma estrutura de comunicação que o distingue, por isso, nada de sair repetindo publicações em todas as redes, com a mesma estrutura de apresentação.

Por exemplo. O Instagram é o rei dos Emojis, portanto use e abuse, dentro das regras específicas para este elemento de comunicação. Já o LinkedIn é mais sisudo, por isso, tenha cuidado para não parecer infantil.

6 – Criação de um calendário editorial

A geração de conteúdo para redes sociais é apenas uma etapa de todo o processo de marketing. Um ponto que costuma ser negligenciado por muita gente é a questão de constância das publicações.

É interessante que você crie um calendário editorial, para manter seus seguidores sempre nutridos de informações sobre a sua empresa ou setor em que ela atua. Isso tem dois impactos sobre os seus resultados.

O primeiro diz respeito aos algoritmos. Tanto o algoritmo do Instagram, quanto o do Facebook, o EdgeRank, valorizam perfis e páginas que possuem uma certa constância de publicação.

O segundo impacto é sobre a comunicação em si, a questão central do conteúdo para redes sociais. Se as pessoas desenvolverem um hábito de estarem sempre visitando o seu perfil ou página, seus resultados indiscutivelmente serão melhores.

7 – Definindo a frequência de publicações

Outra questão crítica na geração de conteúdo para redes sociais é a definição de frequência de publicações, um aspecto que poderá inclusive afetar a relevância da sua página ou perfil, sob o ponto de vista dos algoritmos que cada uma delas usa.

A verdade é que não existe um número mágico para a frequência de publicações em redes sociais. Cada público tem uma demanda específico e o segredo neste caso é ter o feeling para não exagerar na dose ou deixar o seu público com um gostinho de quero mais.

A definição do conteúdo para redes sociais é uma verdadeira arte, e cabe a você unir comunicação e exposição da forma mais balanceada possível. Mantenha-se em dia com este e outros assuntos relacionados às redes sociais, assinando a nossa Newsletter.

Por Alberto Valle no blog da Academia do Marketing

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here